Paulo Magalhães, laranja de Cabral, se desfaz de sociedade no Rio

O empresário Paulo Magalhães Pinto Gonçalves, laranja de Sérgio Cabral, vendeu sua participação no restaurante que iria abrir na Rua Maria Quitéria, região nobre do Rio. As informações são do Radar On-Line.

Gonçalves está com seus bens bloqueados, e a transação precisou de autorização judicial. A quantia, cerca de $ 270.000 mil reais, foi paga pelo sócio Rodrigo Vasconcellos e depositada em juízo.

Paulo Magalhães Pinto Gonçalves está preso desde novembro do ano passado em decorrência da Operação Calicute. Ele é apontado pelo Ministério Público como laranja do ex-governador Sérgio Cabral, e bens como a lancha avaliada em R$ 5 milhões, que estavam em seu nome, seriam na realidade de Cabral.

Anúncios

Deixe uma resposta