Operação Greenfield: Investigados podem ter comprado silêncio de testemunhas

A Polícia Federal deflagrou a segunda fase da Operação Greenfield, e os alvos da vez são investigados por fazerem parte de um esquema de cooptação de testemunhas que seriam úteis para as investigações. As informações são da Veja.

A suspeita que foi trazida por uma testemunha, é que um contrato de fornecimento de massa florestal de eucalipto para produção de celulose no valor de 190 milhões, tenha sido usado por grupos empresariais alvos da operação Greenfield para comprar o silêncio de um ex-sócio.

As investigações seguem em sigilo.

Advertisements
Anúncios

Deixe uma resposta