Deputado petista quer impedir prisão preventiva em caso de delações

O deputado petista Wadih Damous, uma espécie de líder da tropa de choque de Lula na Câmara, apresentou hoje um projeto de lei que pode acabar com a prisão preventiva baseada em informações colhidas por meio de acordos de delação premiada.

O texto, que seria incorporado ao Código de Processo Penal, diz o seguinte:

“Será nulo o decreto de prisão preventiva que, na fundamentação, se limitar a repetir os seus requisitos e dispositivos legais ou valer-se de generalizações e subjetividades ou reproduzir o teor de depoimentos prestados durante a investigação preliminar, inquéritos ou demais procedimentos anteriores ao recebimento da denúncia, inclusive de delações premiadas, homologadas ou não.”

Não que seja surpresa, só é no mínimo questionável o fato de fazerem isso de formas tão claras.

A informação é da coluna de Lauro Jardim.

Advertisements
Anúncios

Um comentário sobre “Deputado petista quer impedir prisão preventiva em caso de delações

Deixe uma resposta