Deputado petista quer impedir prisão preventiva em caso de delações

O deputado petista Wadih Damous, uma espécie de líder da tropa de choque de Lula na Câmara, apresentou hoje um projeto de lei que pode acabar com a prisão preventiva baseada em informações colhidas por meio de acordos de delação premiada.

O texto, que seria incorporado ao Código de Processo Penal, diz o seguinte:

“Será nulo o decreto de prisão preventiva que, na fundamentação, se limitar a repetir os seus requisitos e dispositivos legais ou valer-se de generalizações e subjetividades ou reproduzir o teor de depoimentos prestados durante a investigação preliminar, inquéritos ou demais procedimentos anteriores ao recebimento da denúncia, inclusive de delações premiadas, homologadas ou não.”

Não que seja surpresa, só é no mínimo questionável o fato de fazerem isso de formas tão claras.

A informação é da coluna de Lauro Jardim.

Um comentário sobre “Deputado petista quer impedir prisão preventiva em caso de delações

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s