Jogadores do Grêmio são as novas vítimas da Venezuela

A nutricionista do Grêmio, Katiuce Borges, teve que usar seu conhecimento (e criatividade) para criar um cardápio alternativo para os jogadores durante sua estadia na Venezuela para o jogo contra o Zamora.

De acordo com o periódico Zero Hora, nem pensar em itens como barras de cereais, biscoitos, adoçantes e isotônicos, em falta no país. Lá não é possível encontrar nada disso. Alguns destes terão que ser levados do Brasil. Na Venezuela, também não se encontram refrigerantes zero caloria.

“As carnes serão as mais básicas. Não sei se teremos filés, por exemplo. O cardápio terá itens básicos, como feijão, arroz, batatas e menos variação de massas do que o normal”, detalha Katiuce.

Hoje, para compensar as longas horas de voo e a escassez alimentar venezuelana, haverá um reforço na refeição. O primeiro treino está marcado para 8h15min. Mas antes, os jogadores terão um café da manhã reforçado, com sanduíches prontos e ovos, servido às 7h30min.

Algum gremista de esquerda por ai…?

Anúncios

2 comentários sobre “Jogadores do Grêmio são as novas vítimas da Venezuela

  1. Tem vários esquerdistas gremistas, na verdade o que mais tem no RS é esquerdista, não a toa o estado(gov), reflexo da população, é um dos estados mais atrasados do pais, quem um dia foi potencia vive hoje uma decadência financeira e moral.

Deixe uma resposta