Leviatã: Após TV paga e Netflix, governo quer cobrar “taxa cultural” sobre jogos

Depois dos serviços de streaming de filmes, séries e músicas o governo decidiu cobrar também taxar a indústria de games. As informações são de Ricardo Feltrin, colunista do UOL.

Segundo a Ancine, os jogos são um produto audiovisual assim como filmes, o que justificaria a cobrança do Condecine (Contribuição para Desenvolvimento da Indústria Cinematográfica), que hoje em dia é pago pelas emissoras de TV e serviços de streaming.

A cobrança ainda está sendo estudada e não há estimativa de porcentagem ou valor que seria cobrado do setor, mas o interesse é cobrar uma taxa de cada game.

Se a cobrança for colocada em prática os custos ficarão mais elevados do que já são, o acesso ao entretenimento será dificultado, e surgirão mais barreiras para os profissionais da area atuarem no Brasil. Quem perde com isso é a população.

O Brasil é realmente uma piada de mal gosto.

Anúncios

Um comentário sobre “Leviatã: Após TV paga e Netflix, governo quer cobrar “taxa cultural” sobre jogos

Deixe uma resposta