“Se não fizermos a reforma ampla da Previdência, não vamos poder pagaros benefícios no futuro”, diz senador Garibaldi Alves

Quando foi ministro da Previdência no primeiro governo da ex-presidente Dilma Rousseff, o senador Gariabaldi Alves (PMDB-RN) foi o responsável pela proposta que criou o limite de 10 salários mínimos para o pagamento das aposentadorias do setor público.

O parlamentar defende a reforma da estrutura de financiamento e pagamento de benefícios previdenciários porque, segundo ele, a legislação ficou superada, principalmente com relações a pensões. “A proposta de reforma do governo é dura porque não foi feita antes, mas precisamos ter coragem para fazer os ajustes”, disse o parlamentar em entrevista ao editor Leonel Rocha.

Veja o vídeo:

A informação é do Congresso em Foco.

Anúncios

Um comentário sobre ““Se não fizermos a reforma ampla da Previdência, não vamos poder pagaros benefícios no futuro”, diz senador Garibaldi Alves

  1. Vários auditores fiscais disseram recentemente que durante os últimos cinco anos não houve déficit nenhum na previdência e eu me pergunto:. Quem está falando a verdade afinal?

Deixe uma resposta