O Legado Dilma: mais de 24 milhões de desempregados em 2016, segundo IBGE

De acordo com dados do IBGE, no quarto trimestre de 2016 haviam cerca de 24,3 milhões de desempregados em todo o país.

O indicador inclui a taxa de desocupação e de subocupação por insuficiência de horas e a taxa da força de trabalho potencial, ou seja, pessoas que já desistiram de buscar emprego, mas estariam aptas para trabalhar. Em 2016, a taxa média de subutilização da força de trabalho ficou em 20,9%.

A taxa de desocupação no estado de São Paulo ficou em 12,4%; na região Nordeste teve o maior resultado no quarto trimestre, 33,0%, enquanto a menor taxa ocorreu no Sul, 13,4%. Entre os estados, a Bahia atingiu o patamar mais alto da subutilização da força de trabalho, chegando a 36,2%, e o menor foi em Santa Catarina, com 9,4%.

É o legado Dilma.

 

Anúncios

Um comentário sobre “O Legado Dilma: mais de 24 milhões de desempregados em 2016, segundo IBGE

Deixe uma resposta