Felipe Barros desintegra militante esquerdista em comissão sobre o projeto Escola Sem Partido

Felipe Barros, vereador na cidade de Londrina, Paraná, demonstrou profundo conhecimento de causa ao participar da Comissão Especial sobre a PL 7180/14, também conhecida como projeto Escola Sem Partido.

Uma militante contrária ao projeto se manifestou, insinuando que se o projeto fosse aprovado os professores não poderiam ter opinião ou ideologia, Felipe Barros respondeu, em seguida, e a destruiu completamente, mostrando que realmente entendia do assunto:

Anúncios

3 comentários sobre “Felipe Barros desintegra militante esquerdista em comissão sobre o projeto Escola Sem Partido

    1. Porra!!! Você não entendeu?!! Ela comentou algo que não leu e se leu não entendeu. De quebra ela confessa que de fato há uma doutrinação nas escolas quando afirma que se os estudantes fossem razos culturalmente, e são, que só haveriam marxistas no Brasil. Percebeu não?!!!! Eles doutrinam mesmo e só não atingem 100% porque ainda tem gente que pensa… Entendeu ou quer que desenhe?!!!

Deixe uma resposta