Com inveja, PT agora quer um Doria “pra chamar de seu” e não encontra

O ex-ministro petista Gilberto Carvalho deu uma entrevista ao Valor onde demonstrou certa inveja da direita. O motivo da inveja é o prefeito de São Paulo, João Doria, que assumiu a pouco tempo e já tem grande apelo popular.

“Eu fico olhando a direita e vejo que ela forma quadros com muito mais facilidade do que nós. Veja o Doria. Quem dava alguma coisa pelo Doria há dois anos? E assim vai. Eles vão criando muitos quadros. Nós temos essa dificuldade. Depois do Lula, quem? Não tem nenhuma figura hoje que o Lula possa dizer: ‘bom, esse aqui vai’”, disse Gilberto ao Valor.

Parece que o PT ta querendo seu proprio Doria, mas ta difícil encontrar.

Anúncios

6 comentários sobre “Com inveja, PT agora quer um Doria “pra chamar de seu” e não encontra

  1. “O motivo da inveja é o prefeito de São Paulo, João Doria, que assumiu HÁ pouco tempo …” Há um probleminha com a revisão de textos no site.

    1. Fez o que o Haddad não fez… reduziu drasticamente a fila de exames médicos que o município na gestão petista foi incapaz de solucionar. E esse é só um exemplo.

  2. DICAS DO DÓRIA #tádifícilpropt
    Amar muito e se doar sem nada em troca – trabalhar muito – criar parcerias com contrapartidas transparentes – renovar – transfornar – ser sincero – falar a verdade – ser honesto – gestão – conceder em algum ponto – equilibrilio na relação corpo-mente – nao guardar mágoa – nao ter raiva – nao denegrir injustamente – não ter medo de ameaças – dar bom exemplo – trabalhar com os subalternos arregaçando as mangas

  3. Lula nunca foi “o cara” sempre foi um negociador de greves, um leva e trás entre trabalhadores,sindicatos e empresas e sempre jogava do lado que mais interessava a ele, o único dom que ele tinha era o poder de persuadir pessoas com menor poder de discernir e analisar situações.Se deu bem por um período porque se juntou aos maus políticos e chegou onde chegou.
    Mas a vida está mostrando que a malandragem não leva ninguém aos louros, ser chamado de ladrão por quase toda a população de um país não é coisa para qualquer um.

Deixe uma resposta