Paulo Martins denuncia: governo Temer amplia imposto sindical até para funcionários públicos

Segundo Paulo Martins, a partir de agora todos os servidores e empregados públicos também terão que pagar o imposto sindical.

Embora chamado de “contribuição sindical obrigatória”, não passa de um imposto que gera a boa vida de líderes de sindicato.

A decisão veio do Ministério do Trabalho, do governo Temer.

Com isso, os sindicatos receberão cerca de 200 milhões de reais a mais por ano, e muito provavelmente a verba adicional deve ser usada a favor de partidos de extrema-esquerda que querem derrubar o governo.

Assista:

Anúncios

2 comentários sobre “Paulo Martins denuncia: governo Temer amplia imposto sindical até para funcionários públicos

  1. Para melhorar um pouco é preciso que tenha uma intervenção militar já, e modifique a segurança colocando o preso para trabalhar sem ser remunerado, e o produto seja vendido para pagar a segurança deles sem diminuir a pena.

    Curtir

  2. Ótimo!
    A Educação é o inicio para um mundo melhor. Pq não há bastante investimento na educação ? pq os lideres governamentais sabe que um investimento maior na educação (base de tudo) é colocar uma arma na mão da população, que com conhecimento jamais dará poder aos corruptos. por isto a maioria dos corruptos é eleito pela população carente sem conhecimento, que deixa se enganar por qualquer “migalha” para “compra do seu voto”.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s