Macri humilha ditadura de Maduro: “Basta de eufemismos, a Venezuela não é uma democracia”

Conforme a Veja, o presidente da Argentina, Mauricio Macri, afirmou que a Venezuela é apenas uma pseudo-democracia e atacou os populismos, em entrevista concedida a imprensa da Espanha, antes de sua viagem ao país.

“Basta de eufemismos, a Venezuela não é uma democracia”, declarou o argentino neste sábado.

“Há uma pseudo Suprema Corte. Os direitos humanos não são respeitados”, declarou Macri, ao se referir à ditadura de Nicolas Maduro.

Na quinta-feira, o tribunal venezuelano aparelhado por Maduro confirmou a sentença de 13 anos de prisão para o preso político Leopoldo Lopez, figura da oposição nacional.

“O governo anterior estava à beira da ‘chavizar’ a Argentina e tivemos que lutar muito para evitar isso”, disse Macri. O mesmo processo estava sendo aplicado no Brasil pelo PT, mas o impeachment nos salvou de virarmos uma Venezuela.

Anúncios

3 comentários sobre “Macri humilha ditadura de Maduro: “Basta de eufemismos, a Venezuela não é uma democracia”

  1. Devemos convencer outros parceiros latinos a participar do Mercosul, excluindo a Venezuela até este poder chavista desastroso sair, alem de elaborar uma forma de reativar o TPP com o que restou sem os EUA, seria de um ganho enorme para todos.

  2. Estava na hora de chefe de estado,
    Se manifestar contra essa ditadura
    Chula comandada por um imbecil
    Narcotraficante. O exército no Brasil
    Cometeu o erro de não ter passado,
    Para a eternidade , comunistas caviar.
    Retornaram, veja a lambança que
    Impuseram ao Brasil.

Deixe uma resposta