Delcídio reafirma: Lula o mandou comprar silêncio de Cerveró

O senador cassado Delcídio Maral reafirmou em seu depoimento as acusações de sua delação premiada contra Lula, de que o ex-presidente o teria mandado comprar o silêncio de Cerveró.

O interrogatório de Delcídio foi no âmbito de ação penal que avalia se Lula e outros seis réus, entre eles o próprio ex-senador, atuaram para obstruir as investigações da Lava Jato. Ele reiterou que numa reunião, no Instituto Lula, em  2015, teria tratado com o ex-presidente a possibilidade de Cerveró comprometer Bumlai, seu amigo, numa eventual delação e Lula teria pedido para ele “ver essa questão do Bumlai”.

A partir dessa ordem, foi montado um esquema por meio do qual a família de Bumlai pagou R$ 50 mil mensais de ajuda financeira a Cerveró, segundo Delcídio. “Cometi a sandice de tomar essa atitude”, declarou.

 

Anúncios

Deixe uma resposta