Moro informa: “Não capitulo com pressão política”

O juiz Sérgio Moro negou o pedido de liberdade do ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha, em decisão de sexta-feira, 10, e afirmou que não capitula com “pressão política”. As informações são do Estadão.

Segundo Moro, Cunha fez perguntas estranhas a Michel Temer, que é sua testemunha de defesa, com intuito de pressionar o presidente para que ele interfira na Lava Jato a seu favor.

“Depois de tal comportamento processual, revogar a preventiva de Eduardo Cosentino da Cunha poderia ser interpretada erroneamente como representando a capitulação deste Juízo a alguma espécie de pressão política a qual teria sofrido em decorrência do referido episódio.” declarou Sérgio Moro.

 

Anúncios

Deixe uma resposta