Em apelação a Sérgio Moro, Cunha diz que tem aneurisma “como Dona Marisa”

Depois de depor por três longas horas diretamente para o juiz Sérgio Moro, na Justiça Federal em Curitiba, o ex-presidente da Câmara e ex-deputado Eduardo Cunha disse algo inusitado.

De acordo com matéria publicada no Estadão, ele leu uma carta de próprio punho onde garante ter um aneurisma – igual  ao da ex-primeira-dama Marisa Letícia Lula da Silva, e que, por conta disso, não tem condições de se tratar na prisão.

O depoimento de ontem (07/02) foi o primeiro interrogatório do peemedebista diante de Moro. Terminada a audiência, a defesa de Cunha protocolou um pedido de liberdade, que será analisado por Moro e, a menos que comprovado por especialistas médicos, será desconsiderado.

Anúncios

Deixe uma resposta