“Acho o Iraque é mais seguro do que o ES”, diz comerciante iraquiano em Vila Velha

Segundo Haidar Kasem, comerciante de origem iraquiana de Vila Velha, a falta de policiais militares nas ruas, decorrente da manifestação de familiares dos próprios militares que impedem a saída deles dos batalhões, transformou o Espírito Santo em um cenário de uma verdadeira guerra.

“Para os vagabundos não tem hora e não tem dia. Estou aqui na rua protegendo meu patrimônio e tentando proteger meus vizinhos desde as seis horas da manhã”, disse o lojista em entrevista à TV Vitória.

Voltar para o Iraque é até uma possibilidade que passa pela cabeça do comerciante, que se viu refém da violência capixaba. “Desse jeito eu sou obrigado a voltar para o Iraque. Eu acho que hoje, o Iraque é mais seguro que a Glória e que o Espírito Santo”, afirma Kasem.

A informação é do site Folha Vitoriana.

Anúncios

Um comentário sobre ““Acho o Iraque é mais seguro do que o ES”, diz comerciante iraquiano em Vila Velha

  1. Volta pra sua área então meu amigo, ja era pra ter ido embora. Não se cospe no prato que se come, se veio pra cá é porque um dia precisou. Temos nossos problemas mas pelo menos não matamos pessoas em nome de religião.

Deixe uma resposta