No Espírito Santo que saiu dos sonhos da esquerda, pessoas honestas ficam presas em casa por causa de bandidos

Parece que o mundo dos sonhos dos militantes de extrema-esquerda não é tão bonito assim. Eles imaginaram um mundo onde não existisse a polícia porque, na visão deles, todos os policiais são fascistas. Na prática, não é o que acontece. Nem precisa imaginar como seria um mundo sem policiais. Basta olhar para Vitória, no Espírito Santo.

Lá, foram poucos que se aventuraram a sair de casa durante a última segunda-feira (06/02). Já no início da noite, as ruas da capital do Espírito Santo estavam vazias, deixando claro que o crime havia dominado desde que a retirada da Polícia Militar por conta da paralisação.

Em matéria publicada no UOL, a estudante Clara Caniçale, moradora do bairro Praia do Canto, em Vitória, assim como vários outros moradores, presenciou assaltos de sua janela. “Nem conseguimos fazer nada, assaltaram uma mulher e saíram correndo”, afirmou a estudante, assustada.

A situação prejudicou todos os moradores do Espírito Santo. Em um hotel famoso, um funcionário que não quis se identificar disse que só foi possível chegar em seu trabalho porque seu chefe disponibilizou um carro para buscar os funcionários. “Não tem ônibus na rua, como eu ia sair de casa?”, pergunta indignado.

 

Anúncios

3 comentários sobre “No Espírito Santo que saiu dos sonhos da esquerda, pessoas honestas ficam presas em casa por causa de bandidos

  1. Luiz Carlos Martins Ribeiro PESSOAL, FIZ UM APELO NA PÁGINA DO PREFEITO DUARTE NOGUEIRA E ESPERO CONTAR COM O APOIO DE VOCÊS. E CADA UM PODE FAZER NA SUA CIDADE.
    Luiz Carlos Martins Ribeiro Sr. Prefeito, – Estamos vivendo situação igual a do Espírito Santo. Nossas casas estão sendo saqueadas todos os dias. Não existem mais números nas casas, Os portões estão sendo quebrados, caixas de correio sendo arrancadas, fios das residencias, das praças e dos semáforos sendo furtados, não se pode andar na rua sossegado que sempre tem um assaltante. Precisamos urgente de uma atitude séria de quem tem a responsabilidade pela segurança do povo, neste caso os dirigentes e principalmente os prefeitos que são as autoridades máximas dos municípios. Não adianta dizer que a Seg. Pública é dever do Estado, qualquer político pode interferir pelo povo em questões de segurança do povo. Não adianta o senhor querer apenas cuidar de uma parte (econômica) e não olhar para a segurança. Escolas e Postos de Saúde estão sendo invadidos e depredados, a insegurança nas ruas está um cáos (na tradição platônica, o estado geral desordenado e indiferenciado de elementos que antecede a intervenção do demiurgo.) demiurgo- “o que trabalha para o público”.

    Vídeos exibem situação de caos no Espírito Santo: arrastões, saques e assassinatos
    O caos que a Região Metropolitana de Vitória, no Espírito Santo, vive desde a madrugada de sábado vem sendo registrado e viralizado nas redes sociais.…
    EXTRA.GLOBO.COM

    Extra Online | Notícias do Jornal Extra
    Notícias de hoje do Rio de Janeiro e do Brasil. Classificados online, informações sobre eventos e os…
    EXTRA.GLOBO.COM

Deixe uma resposta