Gleisi também encampa uso político da morte de Marisa Letícia

A senadora petista Gleisi Hoffmann decidiu entrar na onda e fez uso político da morte de Marisa Letícia durante discurso no Senado. Ela associou mais uma vez o falecimento da ex-primeira-dama  a uma suposta perseguição contra Lula e a sua família, a despeito do fato de que Marisa tinha um aneurisma no cérebro já diagnosticado a dez anos, e era fumante.

O discurso de Gleisi repetiu vários clichês petistas ditos a tempos. “As elites buscam transformar a política em “coisa suja” e restringir o espaço de debate, criando um clima de ódio e intolerância na discussão pública”, Disse Gleisi, ignorando o fato de que ela e Lula são réus por corrupção.

Ela culpou a Lava Jato e “os abusos do judiciário” pela morte de Marisa Leticia, mas não é de se espantar que ela diga tais absurdos. Se até Lula, que era marido, foi canalha a ponto de transformar a morte de Marisa em um comício político, o que esperar de Gleisi Hoffmann?

Advertisements
Anúncios

Deixe uma resposta