Secretário de Transportes de Doria explica como aumento de sinalização deve reduzir industria da multa

Contrariando o que vinha sendo feito na gestão anterior, do petista Fernando Haddad, o atual prefeito João Dória quer estimular o cumprimento da lei por meio da informação e da melhoria nas sinalizações, em vez de se preocupar em ficar arrecadando dinheiro na indústria da multa como fez seu antecessor.

De acordo com a Jovem Pan, a Prefeitura de São Paulo vai iniciar um programa para reduzir o número de multas na capital paulista que terá como foco os cinco radares campeões de autuação na cidade. O secretário municipal de Transportes e Mobilidade, Sérgio Avelleda, disse nesta segunda-feira, 6, que a sinalização será reforçada para avisar ao condutor sobre a aproximação dos equipamentos, com o objetivo de tornar a multa “uma exceção”.

Segundo Avelleda, a gestão do prefeito João Doria (PSDB) “quer acabar com essa perspectiva de que existe indústria da multa em São Paulo”.

O radar que mais registra infrações em toda a cidade está localizado na chegada da capital pela Rodovia dos Imigrantes, na zona sul: 18.800 em média por mês, ou uma autuação a cada dois minutos. A ação começará pelo equipamento campeão, que até o dia 3 de março já terá sinalização instalada.

“Já estamos começando uma conversa com a Ecovias para fazer uma melhor sinalização ao longo da rodovia na chegada a São Paulo, de maneira que ele ( o condutor) possa reduzir a velocidade”, disse Avelleda.

Dois radares na Marginal Tietê receberão também sinalização reforçada. “Ali, vamos melhorar muito a sinalização de solo e a orientação do condutor. Vamos mudar o radar de lugar. Vamos dar uma oportunidade de ele (o motorista) mudar o comportamento dele ao sair da pista que nós vamos criar para ele acessar a Ponte das Bandeiras”, explicou o secretário.

A Avenida dos Bandeirantes, na zona sul, também terá reforço na sinalização com orientações para que os condutores reduzam a velocidade, já que um radar na via registra com frequência infrações por excesso de velocidade. Segundo o secretário, o programa será permanente, ou seja, o monitoramento pela pasta dos cinco radares campeões será constante.

“Não vamos reduzir número de radares, nem desligar, nem anunciar onde está o radar. O que queremos fazer é que o condutor seja bem orientado sobre a conduta desejada naquele ponto”, afirmou. “Ninguém sai de casa de manhã querendo ser multado. Se a pessoa for bem orientada e bem sinalizada, a autuação vai ser uma exceção.”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s