Caiado desmoraliza Lula por politizar morte da mulher: “não tem limites em sua capacidade de ser indecoroso”

A politização da morte de Marisa por seu esposo Lula continua repercutindo muito mal para o ex-presidente.

Ronaldo Caiado disse, nas redes sociais: “Lula não tem limites em sua capacidade de ser indecoroso. Conseguiu ultrapassar mais uma vez esse limite ao profanar a própria viuvez e ousar atribuí-la a terceiros. Se alguém pode ser responsabilizado pelo infortúnio de dona Marisa, é quem a envolveu nesse mar de delitos, e que não soube (ou não quis) poupar a própria família.”

Ele complementa: “Ao tentar politizar – e terceirizar – um drama que ele e somente ele produziu, expõe-se ao vexame público. Fez com a família o que fez com a pátria, semeando desordem e infelicidade. E agora quer acusar a justiça, na tentativa de inverter os papéis. O réu é ele, não a justiça. Lula, se não consegue respeitar o Brasil, respeite ao menos sua família!”

Anúncios

72 comentários sobre “Caiado desmoraliza Lula por politizar morte da mulher: “não tem limites em sua capacidade de ser indecoroso”

Deixe uma resposta