Sem narrativa, bancada da chupeta acusou candidatura de “golpista”, mas o PT apoiou

Gleisi Hoffmann divulgou mensagem confirmando que ela e outros pirracentos, Lindbergh Farias e Fátima Bezerra , não votariam em Eunício Oliveira. Demagogia que contraria os interesses do próprio PT, que costurou acordo com o PMDB para emplacar José Pimentel na primeira-secretaria do Senado.

Veja um trecho da cartinha:

“Além de expressar nossa decepção com essa atitude, queremos aqui agradecer a cada militante que atendeu ao nosso convite e participou desse debate.

Reiteramos também nosso compromisso em votar contra a candidatura golpista do senador Eunício Oliveira, posição para a qual conclamamos nossos demais companheiros de bancada, em especial aqueles que publicamente sempre se manifestaram nesse sentido, como é o caso dos senadores Maria Regina Silva, Angela Portela e Paulo Paim.”

Anúncios

Um comentário sobre “Sem narrativa, bancada da chupeta acusou candidatura de “golpista”, mas o PT apoiou

Deixe uma resposta