PT fez aliança com grupo pró-impeachment na eleição do Senado e implodiu narrativa do “golpe”

A bancada do PT no Senado decidiu apoiar a eleição do líder do PMDB, Eunício Oliveira, para presidir a Casa nos próximos dois anos, ajudando assim a eleger o grupo que votou pelo impeachment de Dilma Rousseff.

O próprio Eunício, que foi ministro das Comunicações do governo Lula e colega de ministério da petista, votou pelo impeachment da ex-presidente.

Com isso, a narrativa do “golpe” implode de vez.

Advertisements
Anúncios

Deixe uma resposta