Mesmo com contradições, Temer tem base mais sólida no Congresso desde era Lula

Michel Temer tem conseguido manter as coisas nos eixos, apesar de muita gente estar contra seu governo. Especialmente atacado pela reserva técnica do PT e de seus poucos aliados, o atual presidente conseguiu desviar dos ataques que recebeu com habilidade única, e hoje tem a maior base de apoio no Congresso desde a era Lula.

Ricardo Noblat, d’O Globo, fez uma avaliação a respeito disso. Abaixo, seguem alguns trechos:

“Logo mais, no fim da tarde, quando comparecer ao Congresso para a abertura da sessão legislativa de 2017, o presidente Michel Temer, se quiser, poderá repetir o que disse o imperador romano Julio César em 47 A.C. a propósito de sua vitória sobre Farnaces II, rei do Ponto, durante a Batalha de Zela: “Veni, vidi, vici”. Em português: “Vim, vi e venci”.

Não dirá, naturalmente. O latim até pode combinar com seu estilo, mas a soberba, não. De resto, seria um exagero dizê-lo. Mas é com o sentimento de quem venceu até agora as batalhas que travou nos últimos anos que Temer desfilará entre deputados e senadores antes de ocupar a cadeira reservada para ele na mesa que comandará a sessão solene do Congresso Nacional.”

Em outro trecho:

“Temer, por mais que negue, ajudou Dilma a cair de vez quando liderou as forças políticas que a depuseram. Venceu, ali, a batalha mais importante de sua vida. Venceu a batalha seguinte quando o discurso de que o impeachment foi um golpe se desvaneceu aqui e lá fora. E venceu a seguinte contra os que apregoavam que seu governo teria vida curta.

Quantos, hoje, ainda imaginam que ele não resistirá no cargo até o meio ou o fim deste ano? Temer montou no Congresso a maior e aparentemente a mais sólida base de sustentação que um presidente jamais teve da redemocratização do país em 1985 para cá. E disso dão testemunho os resultados das eleições para presidente do Senado e da Câmara.”

Temer, se souber continuar com boa articulação, poderá fazer as reformas impopulares – e necessárias – que nenhum outro jamais poderia passar.

Anúncios

Deixe uma resposta