“Protesto” contra aumento de velocidade nas marginais reuniu duas pessoas em SP, mas G1 achou que isso fosse digno de nota

A situação é ridícula, totalmente indigna de notícia, mas ainda assim o portal G1 noticiou como se fosse algo relevante.

“Um casal de jovens fez um protesto contra o aumento das velocidades nas marginais Pinheiros e Tietê nesta quarta-feira (25). Ela entregou um buquê de flores ao prefeito João Doria (PSDB), durante coletiva sobre balanço das primeiras 12 horas das novas máximas nas vias, mostrou o cartaz: ‘em memória aos mortos no trânsito’ e falou: ‘em homenagem aos mortos que virão'”, informa a matéria do G1.

O “protesto” foi tão irrelevante que nem mesmo os portais assumidamente de esquerda chegaram a dar atenção, até porque um ato de tão baixa magnitude é muito mais um motivo de vexame do que orgulho. O G1, no entanto, achou que isso merecia alguma atenção. É patético o esforço da grande mídia em atacar João Dória.

Anúncios

10 comentários sobre ““Protesto” contra aumento de velocidade nas marginais reuniu duas pessoas em SP, mas G1 achou que isso fosse digno de nota

  1. Lógico que essa ação foi preparada pelo próprio G1 para gerar a notícia. pegaram dois estagiários da redação e mandaram eles interpretarem esse papel de bobo

  2. Apoiado….Não eh uma diferença de 10km/h a mais ou a menos q irá salvar vidas e sim a responsabilidade que todos deveriam ter ao dirigir qualquer tipo de veículo.

    Afinal esses limites de velocidade para a pessoas q não respeitam o trânsito não adianta de nada….

    Tenho dito ….

  3. A grande maioria dos acidentes, são provocados por motociclistas que nao respeitam as faixas de rolamento, a distancia minima entre veiculos e a velocidade. Enquanto continuarem fingindo que nao enxergam e punindo só os motoristas, o número de acidentes não vai cair.

Deixe uma resposta