Nem o Timão escapou. Contratação de Tevez no Corinthians é citada na Lava-Jato

Um dos empresários que intermediaram a contratação do atacante Carlitos Tevez pelo Corinthians, Gustavo Arribas foi citado na Lava Jato. A negociação com o jogador argentino foi realizada no fim de 2004. A informação é do jornal argentino La Nación.

No requerimento, o delegado responsável pelo caso, Federico Delgado, pede uma investigação sobre uma possível lavagem de dinheiro na negociação. Na época, Tevez foi vendido do Boca Juniors (ARG) ao Timão.

As negociações de 2004 envolveram Gustavo Arribas, Kia Joorabchian e Maurício Macri, que era presidente do Boca e atualmente é presidente da Argentina. A empresa MSI, na época comandada por Kia Joorabchian, pagou 19 milhões de dólares pela contratação de Tevez. A MSI também comprou o volante Mascherano.

O responsável pela delação de Arribas é Leonardo Meirelles, condenado na Lava Jato. O La Nación ainda informou que Meirelles transferiu 594.518,00 dólares a Arribas, que admitiu ter recebido 70 mil dólares por uma venda de uma propriedade em São Paulo.

Tevez atualmente defende o Shanghai Shenhua (CHN) depois de ter defendido novamente o Boca Juniors na última temporada.

A notícia é do jornal O Lance.

Advertisements
Anúncios

Um comentário sobre “Nem o Timão escapou. Contratação de Tevez no Corinthians é citada na Lava-Jato

Deixe uma resposta