Movimento que invade escolas publica nota de apoio a professora que comemorou morte de criança no Facebook

Publicamos ontem a informação de que uma professora, Denise Oliveira, comentou em seu Facebook comemorando a morte de uma menina. O comentário feito pela professora colocava a situação da morte de Sofia, uma menina de apenas 2 anos de idade, como um caso de “justiça divina”, tudo isso porque Sofia era a filha de um policial militar.

O discurso de ódio chocou muita gente e, por conta dele, os pais de Sofia prestaram queixa e pretendem processá-la. Contudo, o movimento Ocupa Seeduc, grupo que prega a invasão de espaços públicos e que participou das invasões em escolas no ano passado, publicou em sua página no Facebook uma nota de apoio a professora, inclusive negando que ela tenha comemorado a morte da menina, fato que a própria professora reconheceu ao se desculpar depois do feito.

Confira:

 

ocupa

Ver também: Pais prestam queixa contra professora que comemorou a morte de sua filha nas redes sociais

Anúncios

4 comentários sobre “Movimento que invade escolas publica nota de apoio a professora que comemorou morte de criança no Facebook

  1. Esses ocupantes de Escolas Públicas deveriam ser tratados a porrete. Se aproveitam da fragilidade educacional dos alunos e, sempre, da fragilidade de suas famílias, por não poderem dar-lhes atenção devidas porquanto precisam trabalhar, os dois, e os aliciam com a conivência da Direção dos Colégios . Porque não tentam fazer o mesmo em escolas Particulares. Após o impeachment de Dilma um determinado professor esquerdista entrou em sala de Aula no Colégio MV1, Em São Gonçalo, lamentado o epísódio e tentando sugestionar os alunos contra a decisão do Congresso. Resultado: “Professor estamos aqui para estudar” argumentaram os alunos. Como insistiu na propaganda, o meu neto se retirou da Sala e foi seguido por outros. Está aí porque não alcançam sucessos em suas investidas em Escolas Particulares que, além dos alunos, a Direção coibe tais procedimentos.

  2. Esse lugar é mais asqueroso do que penso , que culpa a BB tem de o pai ser polícia , é que culpa o pai tem se ela essa asquerosa , esquerdopata, não gosta dá polícia , lugar maldito,

  3. Leite derramado não tem retorno, por isso antes de falar qualquer besteira tem que pensar, pq palavras mal ditas ficam gravadas nas mentes.
    A língua é o órgão do corpo humano, se não souber controla destrói uma nação inteira. O casal já estava sofrendo com a perda de sua filhinha, aí vem uma desmiolada fala um disparate desse.Tomara que os pais ganhem na justiça os seus direitos pra servir de lição pra está professora a aprender nunca mais fala besteira!

Deixe uma resposta