Substituta de Moro, Gabriela Hardt bota Paulo Ferreira em seu devido lugar e manda reter seu crédito na Caixa para pagar fiança

A juíza federal Gabriela Hardt, substituta de Sérgio Moro em férias, determinou nesta terça-feira, 24, que a Caixa Econômica Federal deposite em uma conta judicial o crédito de R$ 158 mil do ex-tesoureiro do PT Paulo Ferreira referente a um consórcio que ele mantém com o banco. Com isso, o valor passa a ser contabilizado como parte da fiança de R$ 200 mil que foi estabelecida pela magistrada para que o ex-tesoureiro possa ser solto.

A decisão acata o pedido da força-tarefa da Lava Jato e rejeita os pedidos da defesa do petista, que havia solicitado que o valor da fiança fosse reduzido para R$ 34,9 mil, referentes ao veículo Citroen C4 que ele possui.

A fiança inicialmente estabelecida por Moro para Ferreira foi de R$ 1 milhão, após o ex-tesoureiro admitir, em audiência no ano passado, ter captado recursos ilícitos nas campanhas de seu partido. Ferreira disse que o mesmo procedimento ocorre nas campanhas das outras legendas.

A informação é do Estadão.

Anúncios

Um comentário sobre “Substituta de Moro, Gabriela Hardt bota Paulo Ferreira em seu devido lugar e manda reter seu crédito na Caixa para pagar fiança

Deixe uma resposta