Repórter da Globo News fala em 700 milhões de pessoas em protestos contra Trump em Washington e vira piada na internet

Há alguns meses, Carolina Cimenti protagonizou um caso de total falta de ética jornalística ao proferir palavrões, ao vivo, segundos depois de a emissora reproduzir um trecho do discurso de Donald Trump sobre Bill Clinton. A Globo News foi acusada, principalmente depois disso, de ser partidária de Hillary e de fazer um jornalismo tendencioso sobre as eleições americanas.

Neste fim de semana, Carolina voltou a dar vexame. Dessa vez ele fazia a cobertura dos protestos em Washington contra a posse de Trump. Os protestos contaram com a participação de toda a elite americana, especialmente pessoas ligadas ao partido Democrata (o partido de Hillary) e artistas, inclusive Madonna que sugeriu explodir a Casa Branca “em nome da paz”.

A repórter, referindo ao tamanho das manifestações, quis super inflar o número de pessoas nas ruas e chutou um número alto demais: 700 milhões. A população americana inteira, atualmente, tem pouco mais de 300 milhões de pessoas, portanto seria impossível um protesto que chegasse a um número tão absurdamente elevado.

Confira:

Anúncios

Deixe uma resposta