Covarde que socou o rosto de mulher durante manifestação é protegido por feministas pró-Hillary

O canal Rebel Media foi cobrir a “Marcha das Mulheres contra Trump”, que ironicamente ocorreu no Canadá, país que não é governado por Trump.

Durante uma das entrevistas, um homem esquerdista socou a repórter Sheila Gunn Reid, e depois disso ele foi protegido pelas feministas que estavam por perto, provando, mais uma vez, que esquerdistas não se importam com violência contra as mulheres, mas com a própria agenda totalitária.

Confira o vídeo:

Anúncios

Um comentário sobre “Covarde que socou o rosto de mulher durante manifestação é protegido por feministas pró-Hillary

Deixe uma resposta