Prefeitura de São Paulo já está pronta para retomada da velocidade normal nas marginais

Durante sua gestão, Fernando Haddad tomou uma decisão que serviu para destruir a mobilidade urbana em São Paulo.

Depois de centenas de ciclofaixas mal feitas, mal posicionadas e até incabadas; depois de diversas ruas e até uma avenida “isoladas” apenas para ônibus – e em regiões cujo tráfego de ônibus era baixíssimo, o antigo prefeito quis radicalizar e reduziu o limite de velocidade das marginais, ajudando a indústria da multa a arrecadar um pouco mais de dinheiro paulistano, um dos motivos pelos quais ele também é investigado.

O atual prefeito, João Dória, desde sua campanha vinha batendo nessa tecla, e talvez esta seja uma das razões para sua eleição fácil em primeiro turno. O que consta é que a velocidade das marginais vai voltar ao normal, a partir do dia 25, o que certamente irá melhorar e muito a fluidez do trânsito na capital.

Esquerdistas vêm criticando a medida, não por ela ser ruim, mas porque foi tomada por uma opositor. A desculpa é que a redução feita por Haddad “diminuiu o número de acidentes”, o que não é verdade. Os dados apontam que não houve praticamente nenhuma diferença. A única mudança causada por Haddad, além do trânsito, foi o aumento na arrecadação de multas.

 

Anúncios

4 comentários sobre “Prefeitura de São Paulo já está pronta para retomada da velocidade normal nas marginais

  1. Acho que para acabar com a indústria das multas, o Prefeito deveria exigir do DETRANSP que toda vez que indeferice um recurso contra a multa aplicada, explicasse o porque foi indeferido, pois atualmente dá a impressão que eles nem leim o recurso, indeferem e o cidadão que pague, é mais fácil, mais rápido e muito mais lucrativo.

    1. Quando se acredita em apenas uma fonte de informação a pessoa está fadada a ficar alheia da verdade! A redução da velocidade nas avenidas e marginais é uma medida que é utilizada nas grandes capitais mundiais, os índices de várias instituições e mídias registraram quedas nos acidentes e mortes no trânsito de São Paulo. Ao invés de se preocupar com a velocidade e beneficiar o queridinho do governo e do brasileiro que é o carro deveriam fazer mais metrô e investir no transporte público. Isso traz mobilidade urbana! As pessoas deveriam ler mais e se informar melhor. Abraços

Deixe uma resposta