Massacres nos presídios podem ser ação para ocupar espaço das FARC, que integrou o Foro de São Paulo

O professor Paulo de Tarso dos Santos, da Unicamp, especialista no sistema prisional brasileiro, disse ao Estadão:

“Quem quiser entender o porquê da súbita e violenta guerra entre facções no Brasil pode começar com as Farc e o vazio que elas deixaram no narcotráfico, ao assinar o acordo de paz na Colômbia.”

Recentemente, contrariando a vontade popular, o governo colombiano (que é aliado do PT) forçou um acordo com as FARC, e a organização criminosa reduziu – e pretende cessar – suas atividades com o narco-tráfico, visando entrar para a política. Contudo, há quem queira preencher os espaços e as FARC certamente deixaram alguns pupilos por aí.

Vale lembrar que a organização criminosa colombiana fez parte do Foro de São Paulo, grupo integrado pelo PT, por Fidel Castro e outros líderes comunistas latino-americanos.

Anúncios

Deixe uma resposta