Boulos foi preso por soltar rojão em cima da polícia. Ato similar ao de black blocs que mataram cinegrafista Santiago, em 2014

Conforme O Antagonista, o petista Guilherme Boulos foi preso na manhã de hoje por incitação à violência e desobediência, mas também por ter jogado um rojão na direção dos policiais, o que foi considerado, por alguma razão, um motivo secundário aos olhos de parte da imprensa.

Em 2014, como se sabe, o cinegrafista Santiago Andrade, da Band, foi assassinado por Black Blocs ligados a Marcelo Freixo por, justamente, terem lançado um rojão e acertado a cabeça dele. A trupe ainda continua com a mesma estratégia, ignorando os riscos. Estariam atrás de outro cadáver?

Anúncios

4 comentários sobre “Boulos foi preso por soltar rojão em cima da polícia. Ato similar ao de black blocs que mataram cinegrafista Santiago, em 2014

    1. Boulos é um petista roxo, um dos mais fanáticos militontos que já pisou na face da terra. Ele é mais um dos equinos que fica bostejando a falaciosa narrativa do “górpi”, atacando policiais, incentivando a militância a agredir opositores e policiais, seja verbalmente como fisicamente. Se esse fosse um país sério, o patético e imbecilizado bandido Boulos já deveria ter sido condenado a pena de morte por todo o retrocesso que ele trouxe ao nosso país. Irresponsável é você que defende esse canalha!

Deixe uma resposta