Video: dona de barbearia desmascara feminista que fez escândalo por não poder cortar seu cabelo no estabelecimento especializado em cortes masculinos

As barbearias tem sido uma tendência nas grandes cidades. São ambientes com temática retrô e dedicados a cortes masculinos, especialmente barba. Por este motivo, o atendimento costuma ser de exclusividade aos homens.

No entanto, parece que as feministas não sabem disso (ou ao menos fingem…). É o que mostra o episódio ocorrido numa barbearia de São Paulo, na última sexta-feira (13/01).

A feminista disse que queria cortar seu cabelo lá. Ao ser informada que o estabelecimento não cortava cabelos femininos (da mesma forma que existem salões que não atendem homens já há algum tempo), ficou histérica. Gritou, esperneou e bradou diversas ofensas aos funcionários.

Em seguida, fez um post no facebook com o objetivo de prejudicar a imagem da Barbearia, como pode ser visto na imagem abaixo.

feminista

feministas2

Em resposta ao absurdo cometido pelas feministas, a proprietária fez um vídeo emocionante explicando a situação. Veja:

 

Anúncios

46 comentários sobre “Video: dona de barbearia desmascara feminista que fez escândalo por não poder cortar seu cabelo no estabelecimento especializado em cortes masculinos

  1. Gente chata que procura pelo em ovo .
    Existe salão que não atende homem e nem por isso os homens saem chilicando. Cada um no seu quadrado. Ninguém entra em uma loja que vende cueca e sai reclamando que não tem calcinha….Monique vai procurar o que fazer. Tipo visitar um orfanato.

  2. Sou cabeleireiro, fiz o curso com duração de um ano, quatro dias da semana. O curso de cabeleireiro até ensina técnicas de cortes masculinos, mas é focado no atendimento ao público feminino, se o cabeleireiro tiver intenção de atender o público masculino em seu empreendimento, terá que fazer o curso de barbeiro de duração de um ano, uma vez por semana, para que saiba como proceder. Mas a proprietária já explicou no vídeo, barbearia atende um público específico, masculino.

  3. Já que essa “feminista” se sentiu excluída, maltratada, e sei lá o que mais, por que ela não vai em uma sauna masculina? Sabe por que não? Lá ela será recebida e não terá como fazer esses protestos do Conto dá carochinha. Ihuu pra ela…

  4. então… se uma mulher quiser jogar em um time profissional de futebol mas fizer questão de entrar para a equipe masculina, eles serão obrigados a aceitar?

  5. É sério que vocês estão defendendo a barbearia? Me poupe, se poupe e nos poupe né, se uma mulher quiser cortar o cabelo bem curto como a maioria dos homens e o barbeiro fizer nos clientes ela tem o direito de ser antendida, assim como um homem que quiser usar o cabelo como a maioria das mulheres usam tem o direito de frequentar o salão de beleza feminino. Se estão dispostos a viver nesse século vão ter que lidar com esse tipo de coisa, graças a Deus a sociedade está cada vez mais mente aberta. Tratem de melhorar.

    1. Gabriela eu so corto meu cabelo em barbearias faço o chamado corte social,porem de tempos em tempos deixo meu cabelo mais comprido,quando isso acontece vou nos saloes especificos e corto so um pouco pra diminuir o volume isso eu faço com cabeleliras tenho uma amiga cabeleira das boas Vani o nome dela,ela corta meu cabelo,em janeiro desse ano estava eu numa cidade quando fui a um salao e pedir a uma cabeleireira que cortasse meu cabelo de tesoura e desfiasse, ela disse que nao cortava cabelo de homem e me indicou outra pessoa,eu simplesmente fui embora e dei o caso por encerrado sem mi mi mi,conheço barbeiros que nao sabem cortar cabelo de mulher ou cabelo comprido e conheço cabeleleiras que nao sabem fazer barba frizar… e tenho uma amiga no face que é barbeira de profiçao ela so mexe com barba, cada qual na sua praia

  6. na boa ….feministas sao um porre !! a mulher deve ser respeitada mas esse “fanatismo” é de dar nos nervos , modismo de canalzinho podre de tv …

  7. O maior problema de todos é a pessoa se vitimar e ainda ganhar apoio de pessoas que nem sabem o que aconteceu de verdade, hoje em dia ninguém pensa em ninguém, um dia vi uma pessoa postando que olharam de cara feia pra ela dentro de uma loja muito conhecida, mas o que ela esqueceu de postar é que o mal educado do filho dela de 6 anos, correndo dentro da loja quebrou uma bomboniere de alto valor, e ela se recusou a pagar, sendo que a criança corria livremente esbarrando tudo enquanto ela usava o celular e olhava araras de roupa…O maior erro do Brasileiro foi querer ser adepto do ” cliente sempre tem razão”, porque infelizmente nem todo mundo tem caráter e honestidade…
    Parabéns para a Equipe, que simplesmente fez seu trabalho.

  8. PARABENS a dona da barbearia. O cliente nem sempre tem razao. Que a idiotice da pseudo cliente nao abale a confiança da equipe e dos clientes da empresa.

  9. Que merda é essa que estão fazendo com tido o trabalho pela igualdade de direitos? Que confusão é essa que criaram sob a justificativa de luta por direitos iguais? Homem é homem, mulher é mulher, são diferentes em inúmeros aspectos, ainda que iguais em direitos e garantias fundamentais de natureza constitucional. É triste ver uma política social de suma importância en onyra-se nas mãos de ignorantes e idiotas mal intencionados que só visam um autoempoderamento. Feminista ofendida? Não. Oportunista.

  10. Que merda é essa que estão fazendo com todo o trabalho pela igualdade de direitos? Que confusão é essa que criaram sob a justificativa de luta por direitos iguais? Homem é homem, mulher é mulher, são diferentes em inúmeros aspectos, ainda que iguais em direitos e garantias fundamentais de natureza constitucional. É triste ver uma política social de suma importância se encontrar em mãos de ignorantes e idiotas mal intencionados que só visam um autoempoderamento. Feminista ofendida? Não. Oportunista, salvo se ela pretendia se barbear.

  11. O vídeo que a proprietária da Barbearia fez foi incrível! Ela demonstrou que não precisa denegrir a imagem de ninguém para esclarecer a situação. Infelizmente há pessoas que aumentam uma história para que seus ideais sejam vistos como certo ou errado. Parabéns!

  12. Que matéria tendenciosa! Falam de feministas como se todas fossem uma pessoa só e com as mesmas atitudes. A atitude dá moça pode ter sido exagerada ou os profissionais podem não ter entendido o que ela queria. Na matéria não fica claro o que realmente aconteceu, pelo que a dona do estabelecimento falou, realmente não quiseram atender a moça e a forma como ela foi tratada só ela sabe, ela pode sim ter ficado chateada com o ocorrido, se ela queria um corte masculino era só tentar ouvi-la e ganhar mais uma cliente, agora usar na matéria a comparação com salões que atendem apenas mulheres? Parece que vocês realmente não entendem o que está acontecendo, se a moça buscou um salão “masculino” talvez seja pelo tipo de serviço que ela procura. O que falta é preparo dos profissionais para lidar com o “diferente” e principalmente ouvir o cliente.

  13. Quero ver eu ir num salão feminino e querer depilar minha região pubiana… e se não aceitarem, vou gritar que sou um homem “feminista” e quero direitos iguais.

  14. É… SE FOI “GOLPE”(EITA=GOPI) PUBLICITÁRIO ACERTOU NA MOSCA !!!!!! COM CERTEZA SERÁ A CASA DO GÊNERO (FANTÁSTICA) MAIS CONHECIDA DO PAÍS !!!!! PARABÉNS AO IDEALIZADOR !!!!! SE NÃO???? PARABÉNS A ATRIZ !!!!!! FEZ UM TRABALHO ÓTIMO !!! FREE !!!!!SE NÃO???? TEM MAIS QUE SE FERRAR !!!!!AFINAL,QUEM CONFERE O FERRO,COM FERRO SERÁ FERRADO !!!! GRANDE, GÊNIOS !!!!!!

  15. 597.000 visualizações, 23.000 reações, 6.800 compartilhamentos, 4.000 comentários…..e crescendo. Como reverter uma situação desfavorável em algo bom. PArabéns

  16. Essas desocupadas, mal-amadas, revoltadas e tudo o que há de ruim deveriam procurar o que fazer e não atrapalhar quem trabalha. São tão insignificantes que procuram a luz alheia pra aparecer. Porém, perderam o tempo. E esse tempo já passou, estão mal informadas. Agora, ficam arrastando correntes querendo apavorar os outros. Só que não assustam mais ninguém.

  17. hauahauahau eis o motivo pelo qual é melhor não atender mulher?
    Eu fico com uma bronca desses blá blá blás… o mundo agora é obrigado a fazer tudo o que ela quer?

  18. Parabéns. Todos nós temos que começar a reagir diante dá canalhice de feministas, gayzistas, etc. Bando de idiotas úteis sendo manipulados há anos por este governo comunista de PT, PSDB, PMDB. Politicamente correto é a PQP.

  19. Pena que não moro em São Paulo, porque gostaria muito de estar aí amanhã para cortar o meu cabelo nesta Barbearia.
    Parabéns pela família que você tem e seus funcionários. Está feminista é digna de pena, não deve ter ninguém que a ame , como todas as feministas são.

  20. É muito irracional generalizar uma palavra (feminismo) no seu conceito em cima da reação de uma pessoa.

    “No entanto, parece que as feministas não sabem disso (ou ao menos fingem…).”

    Quanta generalização numa frase.
    Texto mal escrito demais.

  21. Barbearia é um espaço masculino e ponto! Eu, como mulher, separo meus direitos dos meus deveres; quero me dar ao luxo de ser atendida em um salão de beleza q entende da beleza feminina… Sou cabeleireira e sei q as escolas dá Cabeleleiro oferecem curso de barbeiro separado. A pessoa q fez o escândalo possivelmente queria apenas “causar”…
    Já pensou se ela entrar num consultório de urologista e pedir pra ele fazer o trabalho de ginecologia?????
    Não tem lógica. Os nossos direitos são iguais sim, mas os nossos corpos não!!!!!
    Homem tem suas particularidades e mulheres tem suas particularidades!!!!!!!

  22. Barbearia é um espaço masculino e ponto! Eu, como mulher, separo meus direitos dos meus deveres; quero me dar ao luxo de ser atendida em um salão de beleza q entende da beleza feminina… Sou cabeleireira e sei q as escolas dá Cabeleleiro oferecem curso de barbeiro separado. A pessoa q fez o escândalo possivelmente queria apenas “causar”…
    Já pensou se ela entrar num consultório de urologista e pedir pra ele fazer o trabalho de ginecologia?????
    Não tem lógica. Os nossos direitos são iguais sim, mas os nossos corpos não!!!!!
    Homem tem suas particularidades e mulheres tem suas particularidades!!!!!!!

  23. Tá, até agora não entendi a lógica de se negar a fazer um corte de cabelo numa moça no mesmo modelo que faria num rapaz. Tô falando do CORTE. Corte “masculino” que é a especialidade deles. Do mesmo jeito que eu não entendo quando tenho que pagar mais pelo mesmo corte masculino num salão pq sou mulher (o corte feminino é sempre mais caro, mesmo toda cabeleireira que eu conheço concordando que o corte masculino é mais difícil de fazer, outra coisa sem sentido). O profissional não cobra pelo corte? Por tudo que ele teve que estudar e praticar pra saber fazer aquele tipo de corte? Pra que ficar com frescura pq é uma mulher que quer esse corte na cabeça dela, gente. Olha, vcs são muito frescos, dá licença.

    1. Dá vontade de dar a mesma resposta que eles dão pra gente quando nós explicamos a diferença e eles não entendem e nos atacam verbalmente dizendo “falta de piroca”, da vontade responder: falta de priquito! Mas, perder tempo com uma pessoa insignificante dessa… não faz sentido! 🙂

      1. … tem tanta palavra em português pra você explicar pra pessoa o porque você tá certo… aí a pessoa vai e escreve “Falta de piroca” hahaha, é muita falta de português mesmo.. mas além disso é falta de informação mesmo, quem tem falta de informação fica com raiva porque não tem capacidade de explicar o porque está errado, porque a pessoa nem mesmo sabe porque ela tá errada, hauahuahauha. Eu adoro quando me mandam essas mensagens dizendo: “Falta de piroca”, eu morro de rir e fico mostrando pro povo, que acaba chamando esses caras de burros! Mas, tem que rir mesmo, é engraçado, fazer o quê!

  24. Nada haver, tantos salões que atendem só mulheres, ou ela é esposa de algum cliente histérica e ciumenta, ou esta querendo ir lá quem sabe arrumar um marido. Ridiculo …

  25. Ah, vale dizer tbm que hoje em dia corto meu cabelo num salão que é dividido. De um lado geralmente fazem os cortes “femininos” e do outro os “masculinos” (as aspas são pq é muito escroto mesmo esse negócio de cabelo de homem e de mulher). Eu sempre dentro do lado dos curtos, e ele sempre me cobra o preço que cobra das outras pessoas que vão lá cortar curto, homem ou mulher. Pq não faz sentido nenhum ele me cobrar mais pelo mesmo corte. Nunca tive que falar nada pra ele fazer isso. Ele é uma pessoa sensata. Sejam como ele.

  26. Que absurdo essas mulheres q se dizem feministas hoje em dia essas não me representam ,as feministas q já se foram desse mundo devem estar se remoendo na cova ao verem o absurdos q as de hoje estão causando q absurdo,dizem lutar tantos por direitos iguais mais fazem de tudo pra passar por cima dos direitos alheios meus parabéns para a equipe da barbearia q estão ali pra ganhar a vida e seus tendo da sua família mais sucesso pra vocês

  27. Qual o endereço da Barbearia!
    Vou cortar meu cabelo e fazer minha barba la! Pq nao quero nenhuma babaca feminista enchendo meu ouvido com babaquices e ignorância! Feminista, Petista, são tudo farinha do mesmo saco de bosta! Defendem causas proprias, sem propriedade, de cunho egoico, e com um desvirtuamento da verdade que nos dá nojo!

  28. Feministas sempre fazem esses relatos e sempre escrevem: “Tô chorando, tô tremendo”. Observem isso HAHAAHAHAHA tipo o “close errado”, “apaga que ainda dá tempo”, “sororidade” e infinitos outros bordões. Engraçado ainda não ter surgido um humorista pra zoar com isso.

  29. Este povinho que se autodenomina esta murchando. Não colou no Brasil. Nem com a ajudinha do PT que os usa para todas as finalidades pérfidas que se pensa. Fora feministas!

  30. Creio que ela deveria ser atendida, pois ha exclusividade é do corte e não a barbearia como qualquer outro estabelecimento com exceção os banheiros pois ali se divide o quem é homem ou mulher ou será que está senhora vai no banheiro masculino exigindo urinar por seu pleno direito de mulher? Claro que na barbearia poderia levar seu filho e ali esperar o corte, não seria expulsa ou sofreria represália masculina ou em salão exclusivo para mulheres onde um homem ao levar sua filha não seria expulso, agora a pessoa que faz um escândalo com gritos e palavrões seja ele homem ou mulher deveria ser expulso até de casa…..

  31. Creio que ela deveria ser atendida, pois ha exclusividade é do corte (masculino)apresentaria a ela o modelo do corte e assim fazer-lo e não a barbearia como qualquer outro estabelecimento com exceção os banheiros pois ali se divide o quem é homem ou mulher ou será que está senhora vai no banheiro masculino exigindo urinar por seu pleno direito de mulher ou vise versa. Claro que na barbearia poderia levar seu filho e ali esperar o corte, não seria expulsa ou sofreria represália ou em salão exclusivo para mulheres onde um homem ao levar sua filha não seria expulso, agora a pessoa que faz um escândalo com gritos e palavrões seja ele homem ou mulher deveria ser expulso até de casa…..

  32. Eu sou proprietário de uma barbearia aqui em Porto alegre,e atendo algumas mulheres que cortar cabelos curtos e até mesmo minhas clientes antigas dos salões onde trabalhava,nao vejo problema nenhum,claro que a proposta oferecida e mais para homens,mas também não gosto de mandar clientes embora,muito menos peder dinheiro.

Deixe uma resposta