Lendário tenor Andrea Bocelli deixará de cantar na posse de Trump porque recebeu ameaças de morte de militantes de extrema-esquerda

O lendário tenor Andrea Bocelli não vai mais cantar na posse de Donald Trump como presidente dos Estados Unidos, na próxima sexta (20/01). O motivo: recebeu ameaças de morte dos eleitores de Hillary.

O tenor já tinha reservado sua agenda ao evento, mas foi convencido por sua equipe de segurança a desistir de participar no evento. “Andrea está muito triste por perder a oportunidade de cantar em um evento tão global, mas foi aconselhado do risco e desistiu”, disse um dos responsáveis pelo evento.

Essa é a esquerda “mais amor, por favor”. Se você não concorda com eles, cuidado! Pode ser que os militantes de extrema-esquerda queiram te matar. Mas com muito amor!

 

Anúncios

3 comentários sobre “Lendário tenor Andrea Bocelli deixará de cantar na posse de Trump porque recebeu ameaças de morte de militantes de extrema-esquerda

Deixe uma resposta