Após matarem os próprios “colegas”, presos de RN invadem o telhado da penitenciária para “protestar”

A administração da Penitenciária Estadual de Alcaçuz, em Nísia Floresta, na região metropolitana de Natal, registrou um princípio de tumulto na noite deste domingo, 15. A unidade é a mesma em que aconteceu o massacre durante uma rebelião no sábado, 14, quando 26 detentos foram assassinados por outros detentos.

De acordo com o vice-diretor da penitenciária, Jociélio Barbosa, presos do Pavilhão 1, ligados à facção Sindicato do Crime do RN (SDC), subiram no telhado e ameaçavam os detentos do Pavilhão 5, vinculados ao Primeiro Comando da Capital (PCC), que também estavam sobre o teto.

O vice-diretor informou ainda que todos os presidiários da Penitenciária de Alcaçuz estão soltos e, portanto, sobem e descem nos telhados dos pavilhões e circulam na área comum.

A informação é do Estadão.

Anúncios

Deixe uma resposta