Lava Jato dobrou de velocidade após saída do PT do poder

Conforme o Correio Braziliense, “as ações ostensivas da Operação Lava Jato dobraram de tamanho em 2016”.

A matéria lembra: “Se nos dois primeiros anos do caso foram 24 fases para cumprir mandados de prisão, busca e conduções coercitivas, o número passou para 28 apenas em 2016. Ou seja, das 52 fases da investigação, 54% ocorreram no ano passado, em meio ao impeachment de Dilma Rousseff, à chegada do PMDB ao poder e às eleições municipais”.

Como sempre se suspeitou, o PT era o partido que mais lutava contra a Lava Jato.

Anúncios

Deixe uma resposta