Ministro da Justiça vai processar Aragão para ele “aprender a ficar de boca fechada”

Conforme a coluna Expresso (da Época), o ministro da Justiça,  Alexandre de Moraes, disse que vai processar o ex-ministro da Justiça Eugênio Aragão, que ocupou a Pasta no governo Dilma Rousseff, para “aprender a ficar de boca calada”.

Em entrevista ao site do PT, Aragão, ex-ministro relâmpago da Justiça de Dilma, disse que Moraes, no período em que foi secretário de Segurança Pública em São Paulo, teve “histórico de conchavos com setores de alto risco para a sociedade, como a facção criminosa Primeiro Comando da Capital, o PCC”, quando na verdade o ministro da Justiça apenas advogou para uma cooperativa de vans que teria servido como empresa para lavar dinheiro de órgãos ligados ao PCC. Logo, não faria sentido recusar a defesa da cooperativa.

Aragão também disse que o ministério era “muita areia para a caçambinha de Moraes”, porém o ex-ministro de Dilma ficou pouco mais de um mês no cargo, período no qual ameaçou delegados da PF que vazassem informações. O pior foi a declaração dele, em março de 2016, dizendo o seguinte: “Cheirou vazamento de investigação por um agente nosso, a equipe será trocada, toda. Não preciso ter prova. A Polícia Federal está sob nossa supervisão”.

Ao que parece o ministério da Justiça foi muita areia é para a caçambinha de Aragão.

Anúncios

Um comentário sobre “Ministro da Justiça vai processar Aragão para ele “aprender a ficar de boca fechada”

  1. Ahora si deseas saber como está el centro de la ciudade? Solamente ver en el rostro de las personas que se puede hacer una idea de como surgió el peso en sus vidas. Una pregunta .quien serán los encargados de controlar el tamaño del presidio qué tenemos que hacer para jugar los contenidos dentro de él.?

Deixe uma resposta