Ato do MPL em Joinville reuniu cerca de 100 pessoas. Mesmo assim teve tumulto…

Na cidade de Joinville, norte catarinense, o Movimento Passe Livre conseguiu reunir pouca gente na noite de quinta-feira, 12. Apesar de o evento no Facebook ter mais de 800 pessoas confirmadas, no local estima-se que havia um total de no máximo 100 militantes, em sua grande maioria ligados direta ou indiretamente ao movimento.

O ato foi marcado para às 18 horas de ontem, na Praça da Bandeira, que fica bem ao lado do terminal de ônibus do centro da cidade. As empresas de transporte coletivo responsáveis pelo local contrataram seguranças privados e acionaram a Polícia Militar, pois já estavam cientes da probabilidade de os militantes tentarem depredar o local.

Após algum tempo, por volta das 18:30, integrantes do grupo pularam catracas e até tentaram quebrar algumas. Por conta de os seguranças tentarem impedir a entrada, houve tumulto, mas ninguém saiu ferido do local.

Uma mulher que estava dentro do terminal, moradora da zona oeste da cidade, mas que preferiu não se identificar, reclamou:

“Eu tava aqui esperando meu ônibus pra ir pra casa e me deparo com isso! Agora vai saber que horas vou chegar em casa… Trabalhei o dia inteiro, to cansada e tenho que aturar isso”, disse a mulher, visivelmente irritada.

Anúncios

Deixe uma resposta