Picanha na chapa, petit four, camarão, lagosta e rosquinha húngara: Buffet requisitado por deputados de Alagoas gera revolta

Aproveitando o recesso de Natal e Ano Novo, a Assembleia Legislativa de Alagoas abriu uma sessão pública para registro de preços de serviço de buffet para eventos na casa durante o período de um ano.

Lagosta, coquetel de camarão com uvas, picanha na chapa e casquinha de siri se destacam no cardápio para almoços, jantares e coquetéis. Para o café da manhã poderá ser oferecido um sortido cesto de pães, ao todo oito tipos – francês, brioche, leite, integral, doce, italiano, sírio e pão de batata com queijo -, além de frios, petit four, pão de queijo, biscoito, rosquinha húngara, croissant, casadinho e, ainda, várias tortas. É um verdadeiro banquete.

Segundo a Diretoria de Comunicação da Assembleia, haverá ainda uma segunda chamada para o pregão, já que o contrato não foi fechado devido a falta de homologação do presidente da Casa. Contudo, até ontem (10) a desistência ainda não havia sido inclusa no Diário Oficial do Estado.

Seja como for, esse tipo de coisa tem revoltado a população, especialmente nessa época de crise e apertos fiscais. Tal acontecimento mostra que ainda há uma mentalidade de marajá entre os políticos brasileiros, pois eles acham ser normal e aceitável tais luxos pagos com dinheiro público.

Anúncios

Deixe uma resposta