Juiz de extrema-esquerda diz que é preciso parar de prender bandidos. Ele é suspeito de ligação com facções…

Luis Carlos Valois, do Amazonas, é o juiz que foi contatado pelos prisioneiros para “negociar” a rebelião ocorrida na semana passada, o mesmo é suspeito de ter ligação com a facção Família do Norte, responsável direta pelo massacre ocorrido no Compaj. O absurdo mesmo, no entanto, foi a entrevista dada ao Valor.

O juiz disse ao Valor: “Se a gente parasse de prender as pessoas, daqui a 50 anos teríamos menos crimes.”

O jornal perguntou se ele defende também a soltura dos assassinos.

Resposta: “Qualquer coisa é melhor do que a prisão. Até não se punir o cara.”

Repetindo: o juiz é investigado no STJ por suspeita de envolvimento com a FDN.

Anúncios

2 comentários sobre “Juiz de extrema-esquerda diz que é preciso parar de prender bandidos. Ele é suspeito de ligação com facções…

  1. Se já não bastasse termos de lidar com o comunismo dentro das Universidades, agora temos de lidar com ele também no judiciário. Realmente quando dizem que o Brasil vai ladeira abaixo fica difícil não acreditar. Sabe o que me incomoda? É o silêncio das FFAA. Será que eles também estão comunizados???

Deixe uma resposta