Congresso torra R$ 230 milhões com Cotão. O dinheiro está sobrando por lá…

No ano de 2016 o Congresso Nacional gastou R$230 milhões com a chamada verba indenizatória.

Foram torrados R$ 209,38 milhões para bancar atividades dos deputados, como consultoria, assessoria, aluguel de escritório, passagem aérea, segurança, entre outros. No Senado, suas excelências gastaram R$ 21,21 milhões.

As informações são da coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder. Os deputados que mais gastaram foram Rocha, do PSDB, R$ 561 mil; Hiran Gonçalves do PP, R$ 544 mil; Silas Câmara do PRB R$ 518 mil. No Senado, Randolfe Rodrigues do REDE gastou R$ 456 mil, Telmário Mota  do PDT, R$ 447 mil, e o petista Paulo Rocha, R$ 446 mil.

Quem paga essa conta milionária é o trabalhador, o pagador de impostos. O parlamentar simplesmente apresenta nota fiscal e é ressarcido pelo Congresso.

Anúncios

Deixe uma resposta