Fake news: Lauro Jardim diz que Temer vetou entrevistas de Marcela mas não consegue apresentar nem fonte ou prova

Em atitude machista, a coluna de Lauro Jardim, de O Globo, emitiu uma narrativa dizendo que Michel Temer teria proibido Marcela de dar entrevistas.

A está abaixo, na íntegra:

“Michel Temer proibiu Marcela de dar entrevistas — o que ainda não ocorreu desde que ele assumiu o cargo. Por enquanto, qualquer declaração dela será por meio de assessores.”

É só isso mesmo. Algumas sentenças em um parágrafo curto.

Como se observa, não há evidências de qualquer veto na “matéria”. Tudo dá a impressão de ser “fake news”. O problema é que a declaração de Jardim demonstra machismo, uma vez que exclui a possibilidade de Marcela ser discreta e não estar afim de dar entrevistas. Na visão patriarcal de mundo adotada por Jardim, se uma mulher não dá entrevistas, isso decorreria apenas de ordens do marido, mesmo que tais ordens não sejam evidenciadas como existentes.

Até o momento Lauro Jardim não apresentou evidências de sua alegação.

Anúncios

Deixe uma resposta