Proibida lança cerveja ‘para mulheres’ e extrema esquerda reage com fascismo

A cerveja Proibida, uma das mais conhecidas marcas de cerveja do país, lançou esta semana algumas edições de seu produto, dentre as quais está a ‘Proibida Mulher’, com sabor mais suave e menos amargo.

O lançamento foi feito com base em pesquisa de público e foi até bem recepcionado pelos consumidores, mas movimentos feministas fizeram exatamente o que sempre fazem e partiram para a perseguição.

O fato de dizer que a cerveja é ‘para mulheres’ foi suficiente para dar a grupos de extrema esquerda uma ferramenta de ataque. Em vez de valorizarem uma marca que se preocupa em diversificar seu produto para dar opções ao público, eles preferiram usar o caso para forçar a narrativa vitimista e já ultrapassada.

Fazem de tudo para prejudicar gente de bem.

 

Anúncios

2 comentários sobre “Proibida lança cerveja ‘para mulheres’ e extrema esquerda reage com fascismo

Deixe uma resposta