Folha mente novamente sobre Dória: reabertura do viaduto sobre a Nove de Julho segue critérios técnicos e ajuda a reduzir engarrafamentos

A Folha de São Paulo fez, novamente, aquilo que melhor sabe fazer: contar mentiras para favorecer narrativas de extrema-esquerda.

Ontem o jornal publicou uma matéria intitulada “Viaduto da Nove de Julho que será reaberto para carros é rota de Doria”, mas em toda a matéria, além de não comprovar a afirmação – que, mesmo se fosse verdade, é irrelevante – o “jornalista” Artur Rodrigues também reconhece o fato mais importante de todos: o viaduto foi fechado em 2015 por Haddad, em uma das suas várias decisões arbitrárias, e se tornou um “corredor de ônibus” que, na prática, foi subutilizado esse tempo todo.

Enquanto o viaduto ficava a maior parte do tempo totalmente vazio, carros e mais carros se amontoaram nos semáforos ao redor, aumentando não só o engarrafamento mas também os constantes assaltos na região.

A medida em questão sequer foi tomada por Dória, ele apenas a ratificou – outra informação que a Folha também reconhece na matéria. Quem de fato avaliou a situação e constatou o óbvio foi o secretário de transportes, Sérgio Avelleda.

Seja como for, mesmo que Dória use o trajeto a verdade é que a decisão tomada por Haddad serviu apenas para prejudicar a população, em especial trabalhadores que pegam o trajeto em horário de pico. Além disso, como já foi dito, não havia intenso tráfego de ônibus no local, por isso o viaduto ficou a maior parte do tempo vazio por mais de um ano.

Anúncios

3 comentários sobre “Folha mente novamente sobre Dória: reabertura do viaduto sobre a Nove de Julho segue critérios técnicos e ajuda a reduzir engarrafamentos

  1. A Folha é o principal panfleto do CC (Clubinho do Capeta), mais conhecido como PT (partido dos trabalhadores). E como o capeta é o pai da mentira, os textos desse jornaleco são recheados de lorotas. Besta é quem compra esse lixo!

Deixe uma resposta