PF já sabe quem chefiou massacre em Manaus e detona narrativa vitimista da extrema-esquerda

A extrema-esquerda criou a narrativa infundada de que a matança no presídio seria culpa do próprio presídio. A Polícia Federal, no entanto, já sabe quem é o chefe do massacre do presídio Anísio Jobim: ele se chama Márcio Ramalho Diogo, tem 34 anos e atende pelo codinome de Garrote.

O mais importante, contudo, é que Garrote e sua turma amargaram meses no Regime Disciplinar Diferenciado, o que teria enfraquecido a Família do Norte, segundo a PF: encerrada a quarentena, ele encabeçou a matança. Garrote é quem está de boné vermelho (sempre vermelho) na foto, comemorando a matança no Anísio Jobim

Anúncios

Um comentário sobre “PF já sabe quem chefiou massacre em Manaus e detona narrativa vitimista da extrema-esquerda

Deixe uma resposta