Em vídeo, mulher de Sérgio Cabral falava de presos como vítimas da “sociedade”. Hoje reclama de assédio na prisão

Veja vídeo raro no qual Adriana Ancelmo, esposa de Sérgio Cabral, ex-governador do Rio, fala sobre “ressocialização”,  para uma reporter do Novo Degase (Departamento Geral de Ações Socioeducativas), do Rio Solidário, programa da época em que ela ainda era primeira-dama.

Recentemente, foi presa pela Lava Jato, por conta de investigações que apontam para corrupção, lavagem de dinheiro e organização criminosa que teria desviado ao menos R$ 224 milhões.

Além de exibir seu vocabulário incompatível com uma advogada, sócia de um escritório supostamente renomado e com grandes clientes (“eu acho… eu acho… eu acho…”), ela também fala sobre uma vida honesta, fora da cadeia e que os presos são bonzinhos etc. Quem diria…

 

Do Antagonista.

Anúncios

Um comentário sobre “Em vídeo, mulher de Sérgio Cabral falava de presos como vítimas da “sociedade”. Hoje reclama de assédio na prisão

  1. Meu deus veja ele esteve no poder e nao fez nada pelos presos eles estao neste lugar por fez coisa errada e estao pagando pelo que fez o nosso dinheiro nassa liberdade eles tiram tem que pagar e a lei de deus.

Deixe uma resposta