22532441

Para Folha, problema na guerra de facções em Manaus é questão de “ressocialização”

A Folha de S. Paulo já se tornou referência em jornalismo de esquerda. Depois de criar o caminhão terrorista e fazer questão de não chamar bandido de “bandido”, agora está desenvolvendo uma nova vertente de análise vitimista.

Em artigo sobre a rebelião que culminou numa guerra entre facções criminosas, citou relatório do CNJ (Conselho Nacional de Justiça) para explicar que o problema do presídio de Manaus foi “classificado como péssimo para qualquer tentativa de ressocialização”.

Ou seja, na visão do jornal de esquerda, a barbárie promovida pelos bandidos, na qual eles se mataram de forma medieval, pode ser resumida em um problema de ressocialização. Ao menos, não se pode negar que este jornal é criativo.

Fonte

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s