Ministra do STJ decide manter Palocci na prisão

A ministra do STF Laurita Vaz negou o pedido de liberdade apresentado pela defesa do ex-ministro petista Antonio Palocci, preso na Lava-Jato.

A defesa de Palocci argumentou que sua prisão é “desprovida de justa causa”. A ministra por sua vez negou o pedido e Palocci continua preso.

“A sociedade espera que o poder público adote medidas firmes e proporcionais contra condutas criminosas que atentem seriamente contra a estrutura do Estado e suas bases de estabilidade” disse a ministra Laurita Vaz  em sua justificativa.

Palocci foi ministro da Casa Civil no governo Dilma Rousseff, ministro da Fazenda no governo Lula, e teria ligações com a empreiteira Odebretch. Foi acusado por corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

Anúncios

3 comentários sobre “Ministra do STJ decide manter Palocci na prisão

  1. Quero ver se a justiça brasileira em especial as côrtes tem cacife para manter estes caras por muito tempo na cadeia, haja visto que se aposta muito na memória do brasileiro.
    Mas para não elogiar um pouquinho estes capa pretas, duvido que terão peito de enviar ao xilindró o chefe da organização.
    Ministros foram eleitos pelo dedo sujo de Lula, “assim eles não cuspirão no prato que comeram”.
    Pago para ver até onde vai a hipocrisia da justiça brasileira.

Deixe uma resposta