O ano de 2017 já começa “péssimo” para Gleisi: STF determina quebra de seu sigilo telefônico

Conforme a Veja, a PGR (Procuradoria-Geral da República) pediu ao ministro Teori Zavascki, relator dos processos do petrolão na Corte, a quebra do sigilo telefônico de Gleisi Hoffmann. O pedido foi deferido no fim do ano passado.

A ideia é apurar se a senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) recebeu dinheiro sujo da construtora.

Gleisi é suspeita de figurar na lista do setor de propinas da Odebrecht com o apelido “Coxa”. A ex-ministra da Casa Civil teria recebido meio milhão de reais em dinheiro vivo durante sua campanha para o governo do Paraná em 2014.

O PT instaurou a narrativa do “ano péssimo”, a partir da qual buscava fazer os brasileiros se sentirem culpados no ano em que nós conseguimos nos livrar de virar uma ditadura. Se assim o é, o ano de 2017 já começa “péssimo” para Gleisi Hoffmann.

 

Anúncios

5 comentários sobre “O ano de 2017 já começa “péssimo” para Gleisi: STF determina quebra de seu sigilo telefônico

Deixe uma resposta