Sem noção do ridículo, Paulo Pimenta diz que Lava Jato comete crime contra a Segurança Nacional

O deputado federal Paulo Pimenta, do PT, anunciou pelo Twitter, a “elaboração de uma série de iniciativas jurídicas com o objetivo de desvendar o que chama de relações estranhas” da Lava Jato com os Estados Unidos”, conforme escreveu o blog petista Brasil 247.

O lado mais ridículo dessa história é que o que ele chama de “relações estranhas” ou “obscuras” são, na realidade, relações muito claras. Não há ninguém tentando esconder a existência de uma força-tarefa de cooperação entre os dois países, uma vez que ambos foram vítimas de um mesmo esquema de corrupção bilionário.

“A comprovação desta colaboração ilegal, com ‘oferta de delatores’ e repasse de documentos, para instruir processos nos EUA contra a Petrobrás e contra empresas brasileiras que atuam na área de infraestrutura é fato grave, que pode caracterizar crime contra a segurança nacional”, aponta o deputado.

Patético, para dizer o mínimo.

Anúncios

10 comentários sobre “Sem noção do ridículo, Paulo Pimenta diz que Lava Jato comete crime contra a Segurança Nacional

    1. SÓ PAREDÃO PARA ESTE POLÍTICO OS EUA JÁ DEVERIA TER PEDIDO A EXTRADIÇÃO PARA ESSES CANALHAS SEREM JULGADOS LÁ NUM ESTADO QUE TENHA PENA DE MORTE SÓ ASSIM NUNCA MAIS TERÍAMOS COMUNISTA PEDINDO QUE LUGAR DE BRASILEIROS É NO BRASIL E NEM AS CINZAS TERÍAMOS DE VOLTA É INCINERAR E JOGAR NO BAU GRANDE NO ( M A R )

  1. A declaração do deputado petista Paulo Pimenta, no tocante a sua infeliz declaração, que além de ridícula é hilaria, ao trazer no seu bojo uma bizarrice sem precedentes em matéria, inclusive, da renomada asneira, ao se esquecer, talvez por grave surto de amnésia, que pode se considerar sem tergiversar como verdadeiro crime de lesa pátria, isto sim, a ladroagem desenfreada por parte de alguns dos seus parceiros de partido e seu líder maior, penta campeão em processos criminais; verdadeiros responsáveis pelo aniquilamento da Petrobras, provocando um rombo de proporções gigantescas no sistema econômico e financeiro do pais, levando ao desemprego mais de 12 milhões de brasileiros, perto de 43 milhões a pobreza absoluta, e uma exorbitante quantidade de empresas a fecharem suas portas, que se calcula em mais de 100 mil, frente ainda a uma recessão avassaladora, jamais vista na historia da nação, a par de uma inflação igualmente assustadora, capaz levar ao sacrifício econômico financeiro, como aliás já vem acontecendo em todas as camadas da sociedade brasileira, e quiça futuras gerações.

  2. Se ele pensa dessa forma, deveria defender na tribuna, que todos aqueles que se serviram, direta ou indiretamente, dos roubos à Petrobras, cometeram crime contra a segurança nacional e, por isso, deveriam perder o mandato e ir para a cadeia.
    Será que ele é homem suficiente para isso? Realmente foi patético!

  3. Mentalmente perturbado já não concatena mais seus raciocínios mais complexos. Parado no tempo, áureos tempos, não entende e não acredita no que seu partido fez ao Brasil e julga que há complô em toda parte.
    É um coitado.

  4. É “desespero de causa” ficam sempre procurando um culpado e não assumem nunca que foram eles os causadores de tanta inversão de tudo que possamos pensar, difícil é muito difícil!!!!!

Deixe uma resposta