Fugir do Brasil começou a ficar perigoso para Lula depois da delação da Odebrecht

A situação de Lula está complicada. No Brasil, é evidente que ele está com o filme queimado. É réu em cinco processos e poderá se tornar réu em pelo menos mais três. Além disso, está com popularidade baixíssima, ao contrário do que dizem os institutos de pesquisa – os mesmos institutos que “erraram” o resultado de todas as eleições nos últimos 2 anos.

Se antes fugir do país seria fácil para ele, hoje já não é mais. O acordo firmado entre a Odebrecht e governos estrangeiros, como Suíça e Estados Unidos da América, fez com que essa coisa toda ficasse mais grave. A crise petista foi internacionalizada.

Lula até pode fugir daqui para escapar da Justiça, mas só se for para países que o aceitem. Não serão muitos e não serão os países em que normalmente os corruptos gostam de se refugiar.

Anúncios

9 comentários sobre “Fugir do Brasil começou a ficar perigoso para Lula depois da delação da Odebrecht

  1. Aposto que a PF tem uma equipe monitorando o Molusco e sua quadrilha 24h por dia.Duvido que ele consiga fugir.
    Seus dias fora da Papuda estão contados.
    Quem sabe o papai Noel não estaria reservando um presente de natal especial ao povo brasileiro.
    #LulaNaCadeia

  2. O MITO MANDELA DEVERIA TAMBEM SER DESCONSTRUIDO, AQUELE TRASTE NEGOCIOU MUITAS ALMAS E VIDAS EM SUA VIDA,AINDA É TIDO COMO HEROI,MANDELA.FIDEL CASTRO,CHÊ GUEVARA TUDO COBERTOS DE SUJEIRA DA GROSSA….

  3. AO CONTRÁRIO DO QUE MUITOS FILHOS DA PUTA COXINHA QUEREM QUE LULA SEJA PRESO PELO O COMPROVADAMENTE BANDIDO MORO QUER. PAIS ESSE AJUDOU A DESVIAR 120 BILHÕES DO BANESTADO. LULA SÓ ESTÁ SENDO DENEGRIDO GRAÇAS A UMA MASSA BURRA QUE OUVE UM MÍDIA CORRUPTA E TERRORISTA. PARA DESESPERO DESSES RETARDADOS, LULA CONTINUA EM ALTA.

  4. Crise petista internacionalizada? É repugnante ver um comentário desses, os maiores corruptos ainda estão no poder, e os PSDB/MORO, ficarão livres para saquear o Brasil como fizeram na época de FHC e governos sucessivos em SP,, aguardem e verão.

Deixe uma resposta